A NATUREZA DA ARQUITECTURA: O SENTIDO DA PAISAGEM

Pedro António Janeiro

Resumo


O termo “natureza” aplica-se a tudo aquilo que, de alguma forma, tenha como característica fundamental
o facto de ser natural. Nem sempre a etimologia revela as coisas a que as palavras se referem e/ou significam. Saber que “natureza” deriva de natura (naturam, naturea ou naturae) contribui pouco para uma sua análise em relação à Arquitectura. Natureza e Arquitectura: ambas as palavras rimam, é uma evidência – semanticamente falando, digamos
assim. Mas não só semanticamente podemos falar nesta espécie de acordo que é a rima. Na verdade, esse acordo pode dar-se num outro patamar do sentido: como em numa espécie de simbiose entre aquilo-que-já-existe e aquilo-que-nessa-pré-existência-pode-existir ou vir-a-existir, entre, portanto, natureza e Arquitectura. Falo da, de
facto, “Arquitectura”, veremos mais à frente porque digo isto e nestes termos.

Palavras-chave: Paisagem. Arquitectura. Fenomenologia.


Palavras-chave


Paisagem; Arquitectura; Fenomenologia

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.