INFECÇÃO HOSPITALAR: PRINCIPAIS AGENTES E DROGAS ADMINISTRADAS

Carla do Couto Soares Maciel, Hugo Rafael Leonardo Figueredo Cândido

Resumo


As infecções hospitalares são adquiridas após a admissão do paciente, estando relacionadas a procedimentos hospitalares. O presente trabalho teve como objetivo analisar o quadro de infecção hospitalar, os agentes infecciosos, as drogas administradas e a resistência às mesmas. Pacientes com extremos de idade e sistema imunológico
debilitado são os mais vulneráveis. Dentre os agentes e as drogas administradas, destacam-se oxacilina contra Staphylococcos aureus, cefaloporinas contra Pseudomonas aeruginosa e antifúngicos contra Candida. A resistência às drogas reduz a eficiência do tratamento dos infectados. O controle na biossegurança e na administração dos antimicrobianos são essenciais para reduzir os índices de infecção hospitalar.

Palavras-chave: Biossegurança. Staphylococcos aureus. Antibióticos.


Palavras-chave


Biossegurança; Staphylococcos aureus; Antibióticos

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.